Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

1 10 dicas para criar um bom jogo em 13/8/2012, 00:45

FrozenGraveyard

avatar
Membro Honorário I
Membro Honorário I
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Eis 10 dicas fundamentais que eu utilizo sempre para produzir os meus jogos, nomeadamente o Infected. Espero que vos seja útil e que possa vos orientar neste mundo fantástico que é o da criação de jogos.

1. PLANEjAR

Uma das possíveis razões para justificar os cancelamentos que muitos jogos recebem hoje em dia pode dever-se a esta parte crucial da criação do jogo. É que muitos desenvolvedores acabam de ter uma ideia que teoricamente até pode ser fantástica, mas se ela não tiver uma boa base, é como uma casa sem pilares, a construção desmorona.

Planejar um jogo, não é nada mais que escrever, reflectir e desenhar conceitos inicias e ideias numa folha de papel. Existem planeamentos que vão desde pequenas palavras, anotações, até grandes introduções, desenhos de cenários, personagens, o mundo em si, ou seja, um verdadeiro guião. A vantagem de se ter um projecto planeado é que é quando formos a criar o jogo no editor, já temos tudo imaginado e sabemos como vai ser.

Por isso, antes de começar a mexer no maker e a pôr em prática a sua nova ideia, abra o Word e começe a escrever tudo o que estiver na sua cabeça, ideias que poderá esquecer mais tarde e organize tudo de forma a que seja mais fácil depois de passar para o programa.

2. PERCEBER DO ASSUNTO

Não adianta tentarmos criar um jogo medieval se não soubermos o suficiente do assunto. Criar um jogo medieval, onde se falava de maneira diferente, haviam certos costumes a ter em conta e onde a religião era quem mais comandava e ordenava, pode ser uma tarefa difícil, por termos de ter em conta todos estes aspectos e detalhes, que à primeira vista podem parecer insignificantes, mas que contribuem para um jogo coerente e credível, cheio de cultura e identidade.

Existem diversos tipos de jogos, que se situam em diferentes espaços e tempos. Mas cada jogo parte de uma ideia. E se a nossa ideia partir de tempos medievais ou de tempos futuristas, devemos sempre nos informar primeiro sobre eles.

Para procurar informações sobre os mais diversos géneros de acções, procure ler muitos livros, ver muitos filmes (BONS) e procure muito nas horas vagas, no Google e na Wikipédia.

3. TER ALGUMA EXPERIÊNCIA

Criar um jogo no mínimo razoável requer alguma experiência e conhecimento de criação de jogos por parte do desenvolvedor. Do que adianta ter uma boa ideia e querer criar algo decente, sem termos uma noção pelo menos básica de como funciona a engine em que vamos trabalhar? Como vai ser quando chegar a hora de criarmos uma porta e não soubermos como o fazer? Pois é... o programa é mágico, mas precisa de um mago para fazer a sua magia. ^^

Para aprender mais sobre o RPG Maker, pesquise pelo fórum na área de Tutoriais. Existem desde tutoriais básicos para iniciantes até tutoriais mais avançados, para os mais acostumados e experientes.

4. SER UM FAZ-DE-TUDO

Se estiver a começar a sua jornada pelo mundo da criação de jogos, não se especialize numa área apenas. Vamos pensar na aprendizagem do programa como na da escola. Somos obrigados desde cedo a perceber de matemática, português, ciências, para termos uma boa base e cultura geral. Mais tarde, percebemos que muitas disciplinas estão inter-relacionadas, como a Matemática-Física & Química, Português-Inglês, etc. No RPG Maker não é diferente.

Temos de saber fazer um pouco de tudo: saber desenhar mapas decentes, saber editar um tileset, saber escrever um bom texto, se não soubermos programar RGSS, saber programar eventos, etc.

Isto vai evitar que ao criarmos o jogo e precisarmos de editar um character, tenhamos de recorrer e chatear os outros. Assim, sabemos resolver o problema na hora e a produção do jogo não fica parada e em espera.

5. TER VONTADE E PACIÊNCIA

Ter vontade e ter paciência. São regras de ouro para qualquer programador. A vontade de criar um jogo parece imensa no início, mas com o tempo pode desaparecer. Nessas alturas devemos saber quando parar e procurar inspiração em outros lados. Além disso, é preciso ter paciência para quando aparecerem BUGS, erros no jogo. Não podemos desistir facilmente. A cada bug resolvido é mais um ponto de experiência e menos uma chance de falhar da próxima vez.

Resumindo, vontade para estar animado e paciência para ser persistente.

6. INOVAR

Cada vez mais surgem jogos com temas repetidos, cada um abordando as mesmas coisas, os mesmos heróis, os mesmos cenários, os mesmos vilões... que chato, não é? Bem, outra regra importante para se criar um bom jogo é encontrar uma ideia que se destaque da maioria, que seja única, que seja referência. Algo de novo, nunca antes visto, enfim.

J.R.R. Tolkien criou o seu próprio mundo em O Senhor dos Anéis. Os irmãos Wachowski criaram uma verdadeira distopia em The Matrix. Grandes obras destacam-se essencialmente por uma ideia inovadora e inédita.

Não existem barreiras na imaginação do ser humano. Dentro da sua mente, tudo é possível. Tudo.

7. CONTACTAR COM O PÚBLICO-ALVO

Se for criar um jogo com um público-alvo, procure contactar com esse público e saber o que eles estão a achar da produção do jogo. Isto pode ser feito de diversas maneiras e traz muitos benefícios. Poste imagens e vídeos nos tópicos de avaliações, publique as suas histórias nos tópicos de escritores, procure mostrar algum material ao seu público pois são eles que vão jogar o jogo. Assim vai receber opiniões, sugestões e críticas.

Este é um dos maiores erros dos artistas dos dias de hoje, não comunicar com o seu público. Ora, como é que eles vão saber se o pessoal realmente curte dos trabalhos? Felizmente, cada vez mais, a barreira entre o artista e os fãs é menor, também devido às redes sociais como o Facebook e o Twitter, onde é possível entrar em contacto com eles e deixá-los a saber das nossas opiniões.

Procure no fórum por tópicos de avaliações e interaja com o seu público. Vai ver que vai valer a pena.

8. SABER QUANDO PARAR

Criar um bom jogo é uma tarefa árdua. Exige esforço, dedicação, inspiração e paciência por parte do desenvolvedor. E quando não existem tais virtudes, o melhor é fazer uma pausa e deixar o projecto parado, sair com os amigos e divertirmo-nos. Não adianta cancelarmos um bom jogo, mais tarde ficaremos arrependidos (falo por experiência própria).

Quando faltar vontade, pare com a produção, deixe o projecto de lado por uns dias e quando voltar vai ver que está de em forma para voltar a produzir o jogo.

9. SEJA REALISTA

Um bom jogo não se cria em um dia, muito menos em uma semana. É possível, mas sejamos realistas. As grandes empresas criadoras de jogos famosos levam meses, até mesmo anos. Criar um jogo leva o seu tempo, e demora mais se tivermos que estudar, trabalhar ou tivermos outras actividades para fazer.

Para se criar o jogo, procure arranjar nem que seja uns 30 minutos por dia, para actualizar o jogo, editar aquele mapa, aquele personagem. E procure aproveitar as férias grandes para fazer grandes avanços e dedicar-se mais à produção. Contudo, não se vicie, procure distrair-se, como indicado na dica anterior (8).

10. TER UMA BOA APRESENTAÇÃO

Na hora em que for divulgar a sua obra de arte, esforce-se para que o projecto tenha uma apresentação apelativa. Crie imagens de divulgação, capas para o jogo, faça vídeos, crie tópicos bem organizados e cheios de vida, com muita multimédia e textos não muito longos para que seja fácil de ler.

Por isso, seja qual for a forma de divulgação, esforce-se para que ela seja apelativa. 50% das vezes é a capa do jogo que diz à partida se ele vai ou não ser comprado/baixado/jogado.




É tudo pessoal. Já fazia um tempo que andava desaparecido e não produzia nada. Espero ter sido útil. ^^

Obs:o tutorial não é meu,eu apenas disponibilizei por ser um bom tutorial os créditos vão para o Fly Boy Under (FBU)

Ver perfil do usuário

BrunoFox

avatar
Administrador
Administrador
Eu nem li, mais tenho certeza que vai ser útil aos mais novatos ^^!

OBS; Por acaso você conhece o TAXD ?



[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Ver perfil do usuário http://templorpgmakerbr.forumeiros.com

FrozenGraveyard

avatar
Membro Honorário I
Membro Honorário I
Já ouvi falar mais não conheço ;(

Ver perfil do usuário

Conteúdo patrocinado


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum